Sunday, May 16, 2021
More

    Venda de vibradores eróticos dispara durante quarentena, diz pesquisa

    Casais e solteiros podem aproveitar o isolamento para conhecer melhor o próprio corpo e investir em novas experiências

    Quem disse que o isolamento social precisa ser um tédio? Além das mudanças de hábitos provocadas pela quarentena, esse pode ser um excelente momento para driblar as emoções negativas ao conhecer o próprio corpo através da sexualidade. Não é à toa que, de acordo com um levantamento realizado pelo portal Mercado Erótico, a venda de brinquedos sexuais como vibradores, consolos e plugs bateu a marca de 1 milhão de produtos vendidos desde o início da pandemia da Covid-19. 

    Venda de vibradores eróticos dispara durante quarentena, diz pesquisa
    Credito: Divulgação

    Segundo os dados, houve aumento de 50% nas vendas desde março deste ano. A consultora em sexualidade e empresária no segmento de produtos eróticos, Aline Bicalho, conta que pessoalmente percebeu o aumento nas vendas e concorda que esse pode ser o momento ideal para se conhecer melhor, seja sozinho ou à dois. “O sexo é uma das principais ferramentas para aliviar o estresse, a tensão e outras emoções ruins. Transar com o parceiro ou estimular os órgãos sexuais sozinho só traz pontos positivos para a saúde mental e para o corpo”, conta.

    Brinquedinhos para todos os gostos

    Para quem nunca experimentou ou para quem já é experiente, o mercado erótico disponibiliza diversas opções. “Seja para quem está em casa com o parceiro, a distância ou solteiro, é possível fazer vários tipos de brincadeiras e conhecer um novo produto todos os dias. Afinal, ao contrário do que alguns pensam, não existe limite para relações sexuais saudáveis, seguras e feitas com responsabilidade quando todas as partes envolvidas estão dispostas a tentar novas experiências. Isso só traz efeitos positivos e nenhum efeito colateral”, garante.

    A consultora também acrescenta que hoje em dia os produtos são super tecnológicos. “Tem design muito inovadores e, por isso, são muito discretos – ninguém sabe o que é. Além disso, não “competem” com o parceiro. Ao contrário, entram na relação para somar, trazer novas experiências,  prazer e quebra de tabus”, afirma.

    Aline revela alguns dos produtos que fazem mais sucesso e podem ser utilizados sozinho ou à dois. “Os vibradores são os mais buscados. Algo que atrai muito é a possibilidade de escolher modelo e a intensidade que mais gosta. Você pode começar dos mais leves e ir utilizando os mais intensos quando estiver mais à vontade. O gel erótico também é uma ótima pedida para aquecer a relação e causar novas sensações durante o ato sexual ou masturbação”, indica. 

    Venda de vibradores eróticos dispara durante quarentena, diz pesquisa
    Credito: Divulgação

    Fonte: Aline Bicalho, consultora em sexualidade. Formada em sexualidade, erotismo e cultura. Empresária e criadora do Movimento Amigas Da Bunita. Casada e mãe de 3 filhos.

    Other Articles

    You Should Talk to Strangers—Even During the Pandemic.

    Social distancing and isolation mean we’re missing out on serendipitous exchanges with strangers. Our society has been...

    You Should Talk to Strangers—Even During the Pandemic.

    Social distancing and isolation mean we’re missing out on serendipitous exchanges with strangers. Our society has been...

    You Should Talk to Strangers—Even During the Pandemic.

    Social distancing and isolation mean we’re missing out on serendipitous exchanges with strangers. Our society has been...